Grupos

Análise de Bacias Sedimentares
Início: 2004
Líder: Giorgio Basilici, Fresia Soledad Ricardi Torres Branco
Área predominante: Ciências Exatas e da Terra; Geociências
Repercussões: Este Grupo aplica a sedimentologia, a paleontologia e a paleopedologia como meios para a caracterização das rochas sedimentares e do próprio conteúdo. Os alvos principais são: 1) Definição de modelos geométricos das rochas sedimentares. 2) A evolução dos processos deposicionais e paleopedogenéticos e a definição dos fatores de controle. 3) Os estudos tafonômico de restos vegetais. 4) A evolução da vegetação fanerozóica na América do Sul. Como a maioria dos recursos não renováveis da terra é contida nas rochas sedimentares, seja eles de origem primária que secundária, é de extrema importância o conhecimento da posição espacial das rochas sedimentares e os fatores que controlam a própria formação. A parte do grupo que se ocupa de sedimentologia está atualmente trabalhando em modelos geométricos e sequenciais de rochas sedimentares originadas em (1) sistemas de plataforma clástica e (2) sistemas desérticos antigos e recentes, e (3) na simulação física de fluxos deposicionais gravitacionais em tanque. O parte do grupo que se ocupa de paleontologia se ocupa de (1) estudos tafonômico de fitomacrorestos em sistemas deposicionais continentais atuais e do (2) desenvolvimento de novas metodologias de análises paleofitogeográficas. O objetivo é obter uma melhor compreensão de novas formas de análises do registro fossilífero que possam auxiliar no conhecimento da evolução da vida sobre o planeta Terra.
Pesquisadores: Alessandro Batezelli, Alexandre Campane Vidal, Carolina Zabini, Fresia Soledad Ricardi Torres Branco, Giorgio Basilici.
Estudantes: Amanda Midory Rios, Ariel Milani Martine, Emerson Ferreira de Oliveira, Flávia Callefo, Francisco Hernan Santiago Rios, Fábio Simplicio, Guilherme Furlan Chinelatto, Isabela Jurigan, Isabela Marques, Isadora Marchetti, Julia Tucker Vasques, Juliana Sampaio da Costa, Luiz Ricardo Meneghelli Fernandes, Marcus Vinicius Theodoro Soares, Mateus de Godoy Krettelys, Thiago Pereira Araújo, Vitor Vitti Costa, Áquila Ferreira Mesquita.

Educação Escoteira (Scouting Education)
Início: 2013
Líder: Rosely Aparecida Liguori Imbernon , José Mario Moraes e Silva
Área predominante: Ciências Exatas e da Terra; Geociências
Repercussões: A Educação Escoteira tem reflexos mundiais, e é considerada pela UNESCO como um movimento de ensino não formal com grande abrangência, e que permite ações educativas em diferentes países, com diferentes regimes políticos, crenças religiosas, cultura e costumes. O Movimento Escoteiro, desde sua criação por Robert Baden Powell (B-P) tem aplicado a mesma metodologia de trabalho educacional, e após mais de 100 anos, milhões de crianças, jovens e adultos ainda participam dos Grupos Escoteiros compartilhando os ideais propostos por B-P. A pesquisa sobre educação escoteira é farta fora do contexto da América Latina, e em países dos continentes asiáticos e africanos, atividades escoteira são considerados como créditos escolares, em face do desenvolvimento de habilidades e competências desenvolvidas pelo jovem. No Brasil, ainda é praticamente nula a pesquisa científico-acadêmica sobre o movimento, e seus reflexos na educação formal. A formação do grupo, que incluirá pesquisadores ligados a organização Escoteiros do brasil – UEB, permitirá que estudos sejam realizados e os resultados possam auxiliar na implementação de ações sócio educativas a partir de atividades escoteiras; avaliar os resultados do projeto Escotismo na Escola, implantados nos estados do Paraná e Rio Grande do Norte, e participar das diretrizes definidas para a região interamericana.
Pesquisadores: Aldenise Cordeiro Santos, Clécio Zenni Filho, Fabiana Curtopassi Pioker, Jefferson de Lima Picanço, José Mario Moraes e Silva, Marcos Carvalho, Mariella Fellini, Mark Anderson Caldeira, Mauricio Roth Volkweis, Roberto Greco, Rosely Aparecida Liguori Imbernon
Vanessa Cristina Melo, Vanessa Philippi Cecconi.
Estudantes: Ana Paula Mateucci Milena, Camila Moreno de Lima Silva, Tiago Calixto.

Estudos paleoambientais e ambientais
Início: 2008
Líder: Sueli Yoshinaga Pereira, Fresia Soledad Ricardi Torres Branco
Área predominante: Ciências Exatas e da Terra; Geociências
Repercussões: O grupo de pesquisa visa realizar estudos integrados no sentido de desenvolver modelos que auxiliem na compreensão do meio ambiente, sua dinâmica relacionada a evolução às biotas terrestres e sua interação com o meio físico. Além disso este grupo pretende entender as transformações que ocorrem com a interferência antrópica.
Pesquisadores: Anna Hoffmann Oliveira, Fresia Soledad Ricardi Torres Branco, Marcello Alves Costa, Melina Mara de Souza, Paulo Ricardo Brum Pereira, Rafael Souza de Faria, Sueli Yoshinaga Pereira.
Estudantes: Ariel Milani Martine, Daniele da Silva Zangrossi, Flávia Callefo, Francisco Hernan Santiago Rios, Gustavo Klinke Neto, Isabela Jurigan, Isadora Marchetti, Juliana Sampaio da Costa, Maria Cecília Sodero Vinhas, Paulo Edmundo da Fonseca Freire, Sandra Aparecida Simionato Tavares.

Geodinâmica Externa e Meio Ambiente
Início: 2016
Líder: Alfredo Borges de Campos
Área predominante: Ciências Exatas e da Terra; Geociências
Repercussões: O grupo congrega pesquisadores de diversas áreas do conhecimento e realiza pesquisas multi e interdisciplinares com foco no entendimento de processos relacionados à geodinâmica externa e ao meio ambiente. Os temas de pesquisa de interesse do grupo incluem a gênese, evolução e dinâmica das águas, sedimentos, solos, regolitos, e relevo; e a análise e proposição de mecanismos e ações de planejamento, uso do solo, gestão e remediação ambiental. O grupo conta com infraestrutura física, incluindo salas e laboratórios, número significativo de estudantes de graduação e pós-graduação, e financiamento de órgãos de fomento como CNPq e FAPESP. O grupo mantém parcerias e convênios de cooperação científica em âmbito nacional e internacional, e realiza e participa de eventos científicos de relevância para os temas investigados. As pesquisas desenvolvidas pelo grupo são publicadas em periódicos indexados de circulação nacional e internacional, relatórios de pesquisa, livros e capítulos de livros.
Pesquisadores: Alessandro Batezelli, Alfredo Borges de Campos , Emilson Pereira Leite, Flávia Luciane Consoni de Mello, Francisco Sergio Bernardes Ladeira, Gelvam André Hartmann, Jefferson de Lima Picanço, Lindon Fonseca Matias, Regina Célia de Oliveira, Ricardo Perobelli Borba, Rosana Icassatti Corazza , Wanilson Luiz Silva.
Estudantes: Bianca Marcuz, Gustavo da Silva Paulo, Natália Benini Silva.

Geoética
Início: 2016
Líder: Paulo de Tarso Amorim Castro, Rosely Aparecida Liguori Imbernon
Área predominante: Ciências Exatas e da Terra; Geociências
Pesquisadores: Paulo de Tarso Amorim Castro, Rosely Aparecida Liguori Imbernon, Vania Maria Nunes dos Santos, Úrsula Ruchkys de Azevedo.
Estudantes: Luciano Jose Alvarenga.
Geomorfologia: Etchplanação Dinâmica e Fragilidade Ambiental
Início: 2007
Líder: Antonio Carlos VITTE, Francisco Sergio Bernardes Ladeira
Área predominante: Ciências Exatas e da Terra; Geociências
Repercussões: Este grupo de pesquisa procura trabalhar as questões relativas à dinâmica geomorfológica nas regiões tropicais quentes e úmdias, a partir do conceito de etchplanação dinâmica. A partir de uma profunda interlocução entre a morfotectônica e a geoquímica procuramos definir os tipos e padrões de gênese, evolução e dinâmica do relevo considerando a evolução geoquímica e pedogenética das coberturas pedológicas e seu impacto na definição dos tipos de relevo. Outra pesquisa desenvolvida diz respeito a questão da fragilidade ambiental no território brasileiro, principalmente a fragilidade associada ao processo de urbanização e metropolização.
Pesquisadores: Antonio Carlos VITTE, Francisco Sergio Bernardes Ladeira, José Aparecido dos Santos, Juliano Pereira de Mello, Jurandyr Luciano Sanches Ross.
Estudantes: Clóvis Cruvinel da Silva Júnior, David Vieira , Fabiana Bardela Lopes , Fernanda Volpon Neves, Jaqueline de Fátima Domingos, Kenia Nogueira Diógenes da Rocha, Késia Rodrigues dos Santos, Maico Diego Machado, Maria Angélica Petrini, Maria Fernanda Pereira Grisolia.

Grupo de Pesquisa em Educacao Aplicada as Geociencias
Início: 1983
Líder: Roberto Greco
Área predominante: Ciências Humanas; Educação
Repercussões: As repercussões do trabalho desenvolvido pelo grupo são de natureza variada: – criação do mestrado e doutorado no Programa de Ensino e História de Ciências da Terra com mais 40 dissertações e 10 teses defendidas; – realização de 6 cursos de pós-graduação lato sensu para professores que ministram disciplinas de Geociências no nível superior; – organização consolidada de mais de uma década de cursos de extensão e aperfeiçoamento para professores do ensino fundamental e médio em temas de Geociências; – participação em congressos internacionais, nacionais e regionais de educação, ensino de ciências e ensino de Geociências; – publicação em revistas internacionais e nacionais; – projetos em andamento sobre Geociências e a formação continuada de professores do ensino fundamental, com apoio da FAPESP, CNPq, CAPES e DO PROGRAMA PETROBRAS AMBIENTAL, que apresentam como linha e objetivos de pesquisa enfocar as Geociências no ensino fundamental e médio, principalmente, voltados para 5ª à 8ª série.
Pesquisadores: Alfredo Borges de Campos, Caue Nascimento de Oliveira, Celso Dal Re Carneiro, Denise de La Corte Bacci, Jefferson de Lima Picanço, Juliana Augusta Verona, Maria Cristina Motta de Toledo, Pedro Wagner Goncalves, Roberto Greco, Vania Maria Nunes dos Santos.
Estudantes: Aline Trombini Ferreira Lima, Anfrisio Rodrigues Neto, Deborah Horta Arduin, Edson Roberto de Souza, Elias Profeta Ramos de Araujo, Flavia Requeijo, Fábio Gonçalves da Silva, Giseli Silva Ramos, Glauco Rodrigo Ribeiro Trepador, Henrieth Viviane Borgo de Oliveira, José Roberto Malaquias Júnior, José Roberto Serra Martins, Juliana Sampaio da Costa, Livia Andreosi Salles de Oliveira, Maria José dos Santos, Marlon Eij Marchetti, Patricia Elisa do Couto Chipoletti Esteves, Saulo Bertolino dos Santos, Silvana Maria Correa Zanini, Thiago Alduini Mizuno, Thiara Vichiato Breda.

Interdisciplinaridade e Ciência do Sistema Terra como Eixos para o Ensino Básico
Início: 2004
Líder: Pedro Wagner Goncalves, Natalina Aparecida Laguna Sicca
Área predominante: Ciências Humanas; Educação
Repercussões: O Grupo de Pesquisas contribui para o desenvolvimento de metodologias para formação de professores na área de Geociências. Acha-se apoiado em projetos financiados por distintas agências de fomento à pesquisa. Persegue o eixo de pesquisa em torno do ensino e aprendizagem de dinâmicas sistêmicas associadas ao tempo geológico para estudar o planeta de forma integrada. Dessa forma, dedica-se ao Ensino de Geociências, Currículo e Formação de professores.
Pesquisadores: Alessandra Rodrigues, Ana Rosa Jorge de Souza, Caue Nascimento de Oliveira, Luciana Cordeiro de Souza Fernandes, Lívia Carvalho da Costa, Maria Bernadete de Siqueira Canesin, Maria Cristina da Silveira Galan Fernandes, Maria José dos Santos, Mirian Moneda Alberto de La Corte, Natalina Aparecida Laguna Sicca, Patricia Elisa do Couto Chipoletti Esteves, Pedro Wagner Goncalves, Reino Luiz de Figueiredo.
Estudantes: Brunna D Luise Turato Lotti Alves, Edson Munhoz, Giorgia Sena Martins, Silvana Maria Correa Zanini, Vinicius Archanjo Ferraz.