Revista Brasileira de Inovação

O DPCT, desde 2008, abriga a RBI (criada em e mantida pela Finep desde 2002), a principal revista no cenário nacional sobre CT&I, que se baseia no método double blind review para a seleção dos artigos e que conta com a contribuição de cientistas nacionais e estrangeiros, garantindo a qualidade da Revista. A RBI tem como editor o Prof. Wilson Suzigan (DPCT/Unicamp), como editor adjunto o Prof. Renato Garcia (IE/UNICAMP), 5 editores associados e mais de 30 membros do conselho editorial de várias instituições do país e do exterior. Ela é mantida a partir de um convênio com a Finep, cujo montante de recursos alcançou R$ 400 mil entre os anos de 2008 e 2012 e aproximadamente R$ 500 mil entre os anos de 2013 e 2015.

As Áreas de Interesse são: Economia Industrial; Economia da Tecnologia; Mudança Tecnológica e Organizacional; Economia e Sociologia da Inovação; C&T e Relação de Trabalho; Gestão da Inovação; PCT&I; História da C&T

A RBI é B2 no Qualis Interdisciplinar, está no SciELO e sua Política Editorial é disponibilizada em três idiomas: português, inglês e espanhol.

Alguns números – até 2015:

  • 30 fascículos
  • 171 artigos; 29 Ideias Fundadoras; 21 Memórias; 24 Resenhas; e 2 Artigos-Resenha
  • 139 submissões de artigos originais e inéditos
  • 312 autores diferentes; 28 estrangeiros
  • 97 instituições diferentes; 9 estrangeiras
  • cerca de 370 pareceristas, do Brasil e do exterior

A revista encontra-se indexada nas seguintes bases de dados e diretórios:

– Biblioteca Virtual de Inovação

– DIADORIM – Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras

– DRJI – Directory of Research Journals Indexing

– DOAJ – Directory of Open Access Journals

– Google Scholar – Diretório Acadêmico do Google

– e-Revist@s

– EconBiz

– EZB – Electronic Journals Library

– Latindex

– Livre! – Portal do Conhecimento Nuclear

– MIAR – Information Matrix for the Analysis of Journals

– OAJI – Open Academic Journals Index

– Portal de Periódicos – CAPES

– SPELL – Scientific Periodicals Eletronic Library

– Sumário de Revistas Brasileiras

– Ulrich’s International Periodicals Directory

– WorldCa

Em 2014, a RBI passou a fazer parte da Rede Cariniana de Preservação Digital, organizada pelo IBICT – Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

 

E teve seu título em inglês registrado junto ao ISSN3: Brazilian Journal of Innovation.

 

Neste mesmo ano, RBI foi indexada nas seguintes bases de dados:

OAJI – Open Academic Journals Index ; MIAR – Information Matrix for the Analysis of Journals ; e-Revist@s ; foi submetida à indexação na Redalyc – Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal; no SciELO – Scientific Eletronic Library Online – com aprovação sob condição em maio/2014; e no Scopus.

Seu mailling list conta com mais de 4.000 cadastros nacionais e internacionais e seu conteúdo tem sido divulgado por meio de sua página na internet (30 mil acessos em 2013) e das 7 bases nas quais está indexada – proximamente também estará no SciELO. Conta com um corpo de 370 pareceristas, bastante diversificado geograficamente – 96 instituições do Brasil, Holanda, Inglaterra e Chile.