Profissão: Geógrafo.
A Geografia é a ciência que estuda o espaço geográfico, a inter-relação entre a Natureza e as sociedades constituídas pelo homem.
A relação Homem x Meio pode ser visualizada em qualquer ambiente: no centro de uma cidade, num campo de plantação, num porto à beira-mar ou numa favela da periferia. O espaço geográfico mostra-se presente em toda paisagem, deste modo, um geógrafo pode exercer seu trabalho em qualquer lugar.
Portanto, a Geografia é considerada uma ciência ampla que abrange tanto os aspectos físicos quanto os humanos encontrados em determinada região.
Além do conhecido trabalho exercido na área de Educação, como professor em todos os níveis de ensino, existem outros setores de mercado em que esse profissional pode atuar, por exemplo:
– em projetos de cunho ambiental: participando da recuperação de áreas degradadas e na emissão de relatórios de impacto ambiental;
– no planejamento territorial: organizando espaços para instalação de obras e analisando o desenvolvimento das regiões.
– em geoprocessamento: trabalhando com banco de dados relacionados com mapas e cartas geográficas.
– em geopolítica: na análise da organização política e econômica entre as diferentes regiões e países.
– em geografia física: no estudo dos aspectos físicos, como relevo, solo, clima, hidrografia, etc.
– em geografia humana: no estudo dos aspectos humanos, como dados sociais, econômicos, populacionais, etc.

Profissão: Geólogo.
A Geologia estuda a composição, conformação e evolução do planeta em que vivemos. O geólogo, através da análise de rochas e minerais, aprofunda-se no estudo da composição do interior da Terra para entender melhor sua formação e suas dinâmicas e como isto se reflete na superfície.
Através de trabalhos de campo, atividades como mapeamento e análise de afloramentos rochosos, há um maior reconhecimento nos estudos sobre os diferentes tipos de solos, rochas, fósseis e minérios.
O mercado de trabalho no setor de recursos minerais pode ser considerado atraente, tanto na área de petróleo e outros minérios como na de hidrogeologia. Nessa área, o profissional deve se preocupar não só com a descoberta de regiões ricas em recursos, mas também com a diretriz do uso sustentável dos mesmos.
A atuação do geólogo abrange projetos de construção de obras de grande porte, como túneis, metrôs, barragens, entre outros, nas quais o conhecimento da estrutura e composição do terreno é fundamental.
Do mesmo modo, a área ambiental também surge como alternativa de atuação do profissional, que pode prever regiões sujeitas a desastres naturais, atuando na detecção e prevenção de eventos como terremotos e deslizamentos.