Projetos

O Lab-GEOPI desenvolve projetos nas áreas de Planejamento e Estratégia, Avaliação de Implementação, Resultados e Impactos, Estudos do Futuro e Prospecção Tecnológica e Estudos de Políticas e Estratégias em CT&I e no Ensino Superior.

Início » Projetos

Projetos em andamento

Veja os projetos das diferentes áreas de atuação do Geopi que estão em andamento.

Fronteiras da pesquisa sobre indicadores, processos, resultados e impactos da pesquisa científica, tecnológica e da inovação (2022 – atual)

O objetivo geral do trabalho é identificar, desenvolver e empregar abordagens, metodologias e indicadores que gerem evidências sobre como a pesquisa nas principais áreas do conhecimento pode ser melhor planejada, financiada, avaliada e comunicada, de forma a gerar mais e maiores impactos positivos para a sociedade. O projeto está estruturado em 4 frentes principais de pesquisa: (i) Conectando funding aos impactos da pesquisa; (ii) Novas formas de priorização, seleção e decisão no financiamento da pesquisa; (iii) Trajetória profissional e mobilidade de pesquisadores; e (iv) Indicadores e metodologias de análise de instituições de ensino superior (IES) e outras Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs).

Avaliação de resultados e impactos da EMBRAPII (2022 – atual)

O objetivo geral do trabalho é mensurar impactos multidimensionais da EMBRAPII, com ênfase: (i) no retorno econômico e social sobre o investimento; (ii) no desempenho e comportamento inovador das empresas; (iii) nos desdobramentos para os ecossistemas de inovação; e (iv) no comportamento e desempenho das Unidades EMBRAPII. Ademais, o projeto visa criar protocolo metodológico para sistematizar a avaliação de resultados e impactos e integrá-la aos atuais mecanismos de monitoramento e avaliação (M&A) da EMBRAPII.

Avaliação de resultados e impactos do Programa de Melhoramento Genético de Feijão do IAC (2020 – atual)

O objetivo do projeto é desenvolver e aplicar método de avaliação de resultados e impactos do Programa de Melhoramento Genético do Feijoeiro – Instituto Agronômico, com vistas à orientação do planejamento e gestão da P&D, de estratégias de transferência de tecnologias e de fomento à inovação. A pesquisa será fundamentada pelas diretrizes que devem nortear a proposição de métodos de avaliação de resultados e impactos de P&D agrícola, a saber: a natureza das atividades de C,T&I; o modelo de P&D; a multifuncionalidade da agricultura e as especificidades dos estudos de caso. Destaca-se, que este projeto apresenta um caráter científico e inovador ao oferecer como um de seus resultados principais um modelo de avaliação de resultado e impactos para o IAC e outras organizações interessadas, que atuam no ambiente de PD&I com feijoeiro.

Catching-up along the global value chain (2018 - atual)

Modelos, determinantes e implicações na era da Quarta Revolução Industrial (Indústria 4.0) é baseado em um projeto de pesquisa conduzidos simultaneamente em quatro países por meio de rede de pesquisa interdisciplinar e intersetorial concebida e implementada para esse fim. É projetado para construir e testar abordagens de duas correntes de literatura: catching-up e Cadeias Globais de Valor (CGV), no contexto da Quarta Revolução Industrial (4IR).

A interação entre as ações afirmativas da Unicamp e as escolas públicas da Região Metropolitana de Campinas e dos municípios de Piracicaba e Limeira (2020 – atual)

O objetivo geral deste projeto é analisar a interação das ações afirmativas da Unicamp com as escolas públicas de ensino médio da área próxima a seus campi (Região Metropolitana de Campinas e Aglomeração Urbana de Piracicaba) visando o aprendizado institucional.

Diáspora brasileira de Ciência, Tecnologia e Inovação (2018 - atual)

O objetivo é investigar o papel da diáspora de Ciência, Tecnologia e Inovação brasileira na construção das redes de colaboração que suportam o esforço doméstico de internacionalização da produção (e uso) do conhecimento. A diáspora é formada por brasileiros altamente qualificados exercendo ocupações ligadas à CT&I.

Avaliação Continuada do Instituto Serrapilheira (2018 – atual)

Estruturar e aplicar metodologia de avaliação de impactos do primeiro Edital, observando-se as características que definem os objetivos do Edital. Se possível, definir de imediato a linha de base para os projetos que serão aprovados e implementados no primeiro Edital.

Trajetórias discentes do Programa de Pós-Graduação em Administração da Unicamp (2017 – atual)

O objetivo da pesquisa é desenvolver e aplicar metodologia para avaliar da experiência dos alunos durante o mestrado/doutorado e acompanhar as trajetórias profissionais dos egressos, tomando o Programa de Pós-Graduação em Administração da Unicamp como estudo de caso.

Avaliação do Programa de Formação Interdisciplinar Superior (ProFIS) da Unicamp (2011 - atual)

Desenvolvimento metodológico e a implementação da avaliação continuada do Programa de Formação Interdisciplinar Superior da Unicamp.

Projetos finalizados

A seguir estão os projetos realizados pelo Geopi nas quatro áreas de atuação: Planejamento e estratégia; Avaliação de resultados e impactos; Estudos prospectivos; e Estudos de políticas e estratégias em Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) e no ensino superior

Modelo de Monitoramento e Avaliação da Política Nacional de Inovação (2021)

O projeto teve como objetivo geral estruturar e operacionalizar o Núcleo de Inteligência em Inovação, instância de governança da Secretaria Executiva da Câmara de Inovação (Decreto nº 10.534/2020), para as seguintes atividades: 1. A concepção de metodologias originais, critérios e indicadores para avaliação e monitoramento da Política Nacional de Inovação e seus instrumentos; e 2. Avaliação e monitoramento dos resultados e impactos da Política Nacional de Inovação e seus instrumentos.

Desenvolvimento de Metodologia de Avaliação de Parques Científicos e Tecnológicos no Brasil (2019 - 2021)

O projeto teve como objetivo desenvolver metodologia de avaliação de resultados e impactos e classificação de parques científicos e tecnológicos no Brasil, considerando seus distintos estágios de maturidade e desenvolvimento, características regionais e territoriais, especificidades setoriais e/ou temáticas, efetividade de propósitos e eficiência organizacionais e gerenciais.

Avaliação de Implementação da Estratégia de Governo Digital (2021)

O objetivo geral do trabalho foi realizar a avaliação de meio termo da Estratégia de Governo Digital incluindo sua implementação e resultados preliminares. Os objetivos específicos são: (i) Elaborar indicadores de resultado e impacto para os objetivos da Estratégia de Governo Digital (EGD); (ii) Realizar a avaliação dos resultados alcançados pela EGD até o momento, a partir da perspectiva dos diferentes atores que atuam em rede; e (iii) Realizar a avaliação de implementação para analisar se as iniciativas atuais são suficientes para atingir os resultados e o impacto desejado conforme os indicadores propostos.

Construção e implementação de plataforma para Avaliação de Resultados e Impactos de redes de P&D e Inovação na Cemig (2018 – 2021)

O objetivo do projeto foi desenvolver uma metodologia e uma plataforma para o acompanhamento e avaliação de resultados e impactos dos projetos de P&D e inovação da Cemig, considerando todo o ciclo de vida do projeto, desde a sua contratação até um período posterior à sua finalização. Além de apoiar coordenadores e gerentes de projetos, o sistema deve apoiar toda a gestão da P&D na empresa, orientando decisões de investimento.

Avaliação de Iniciativas de redes tecnológicas para Recursos Hídricos no Chile (2019-2020) (2019-2020)

O projeto teve como objetivo avaliar as iniciativas de redes para soluções tecnológicas e de inovação em recursos hídricos para o setor agrícola, agro-alimentar e florestal na Região de Coquimbo, Macrozona Norte em Chile.

Avaliação Multidimensional de Resultados e Impactos do CNPEM (2019 – 2020)

O trabalho tem como objetivo desenvolver e aplicar metodologia de avaliação de resultados e impactos do CNPEM de forma a estruturar modelo sistemático de avaliação que permita atender aos objetivos de planejamento, prestação de contas e advocacy. O trabalho foi realizado em duas frentes, a primeira sobre a produção do conhecimento científico e tecnológico com ênfase nas relações de colaboração, e a segunda sobre a geração de inovação a partir da rede entre o CNPEM e parceiros da indústria e governo.

Avaliação de Impactos dos Editais de Inovação para Indústria no Âmbito do SENAI (2019 – 2020)

Avaliação de Impacto dos Editais de Inovação para a Indústria de 2014, 2015 e 2016. Lançado em 2004, o Edital SENAI SESI de Inovação para a Indústria (EII) tem por objetivo financiar o desenvolvimento de novos produtos e/ou processos inovadores na indústria nacional e promover o aumento da competitividade e produtividade das empresas apoiadas, em um cenário global. Como resultado da avaliação realizada, forneceram-se subsídios para o planejamento do SENAI e para eventuais aprimoramentos nos EII.

Avaliação sistemática de impactos de ações e programas de CT&I (2017 – 2020)

Explorar e desenvolver, dos pontos de vista conceitual e aplicado, possibilidades metodológicas de avaliação de impactos de programas da FAPESP a partir de dados secundários, provenientes tanto de bases estruturadas como não estruturadas, envolvendo inclusive Big Data. Desenvolver e implantar metodologia de avaliação contínua de impactos em agências de fomento, com aplicação em programas escolhidos da FAPESP, a saber: bolsas de iniciação científica, mestrado e doutorado, colaboração e redes internacionais e programa de pesquisa inovativa em pequenas empresas.

Engajamento estudantil na Unicamp de acordo com o Survey SERU 2012: perfis dos estudantes com resultados do aprendizado (2018 – 2019)

O objetivo desta pesquisa é analisar o engajamento do estudante em uma universidade de pesquisa, entendido como a quantidade de energia física e psicológica que o mesmo dedica à experiência acadêmica, e suas associações com a experiência global.

Avaliação de Políticas de Ciência, Tecnologia e Inovação na América Latina (2016 – 2019)

O objetivo geral do projeto é sistematizar e analisar a prática da avaliação de políticas de Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI) na América Latina sob a ótica dos desenhos e métodos empregados nas avaliações, assim como da utilização dada aos seus resultados, com ênfase na contribuição para os processos de formulação e implementação e/ou de revisão de políticas. Um dos focos do trabalho é compreender a rede de atores responsáveis pela avaliação destas políticas no âmbito da região.

Estudo sobre impactos do contencioso da Lei de Informática junto à OMC (2017 – 2018)

Estudo sobre alternativas e impactos decorrentes da revisão/alteração do marco legal de incentivos para o setor de TICs no Brasil, particularmente da Lei de Informática, visando o fortalecimento do sistema de inovação para TICs no país.

Avaliação de resultados e impactos para a indústria do marco regulatório da biodiversidade no Brasil (2017 - 2018)

Identificação e avaliação de resultados, impactos, oportunidades e gargalos do uso sustentável da biodiversidade em segmentos escolhidos da indústria, com vistas a potencializar as atividades econômicas baseadas na biodiversidade no Brasil.

Resultados de pesquisa e desenvolvimento do IAC: proposição de método de avaliação de resultados e impactos multidimensionais (2016- 2018)

Este projeto apresentou uma proposição de método de avaliação de resultados e impactos de tecnologias agrícolas desenvolvidas pelo Instituto Agronômico (IAC) com a finalidade de orientar programas IAC de pesquisa e prestar contas à sociedade. Foi utilizado como piloto o caso do Programa de melhoramento genético do maracujá.

Avaliação de processos e resultados dos projetos piloto referentes ao modelo EMBRAPII (2015 – 2016)

Avaliação dos processos e resultados do Projeto-Piloto que deu início à implantação do  Sistema EMBRAPII (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial), visando a criação de informação qualificada para a estruturação de uma sistemática de avaliação robusta e apropriada ao modelo institucional previsto para a EMBRAPII.

Apoio ao Planejamento Estratégico do Instituto Santos Dumont (ISD) (2015 - 2016)

Apoiar o planejamento estratégico do ISD com foco em cinco frentes inter-relacionadas: Elaboração do Plano Diretor (período a especificar), com definição do escopo de atuação do ISD, revisão de missão e objetivos estratégicos do Instituto e de suas unidades e explicitação dos meios para integração entre as atividades e unidades do ISD; Elaboração do Modelo de Governança do ISD a partir da identificação de seus principais stakeholders e das formas de relacionamento com eles; Desenvolvimento do Modelo Gerencial, nas perspectivas estratégica, tática e operacional, e revisão da Estrutura Organizacional do ISD; Desenvolvimento do Sistema de Avaliação Institucional a partir de sua inserção no Modelo Gerencial do ISD e de definição de indicadores e métricas adequadas para diferentes finalidades; Plano de Comunicação do ISD.

Núcleo de Apoio à Gestão da Inovação para a Sustentabilidade do setor sucro-energético – NAGISE (2013 – 2016)

Estruturação de um Núcleo de Apoio à Gestão da Inovação para oferecer serviços e apoiar o desenvolvimento de competências em gestão da inovação em empresas da cadeia sucro-energética, com ênfase na inovação tecnológica e não tecnológica que promova competitividade com sustentabilidade ambiental, social e econômica.

Metodologias de Avaliação de Resultados e de Impactos para Instrumentos de Fomento à Ciência, Tecnologia e Inovação (2014 – 2015)

Concepção, desenvolvimento e implantação de metodologias para avaliação dos resultados e impactos originados pelos projetos financiados pela FINEP.

Estratégias de Médio Prazo para o PROCITROPICOS (2014 – 2015)

Elaborar estudo prospectivo e estratégico para o PROCITROPICOS (Programa Cooperativo de Pesquisa e Transferência de Tecnologia para os Trópicos Sul-Americanos), assim como avaliar os resultados e modelo de gestão no período recente. Com base na prospecção e avaliação, formular recomendações concretas e insumos para a elaboração do Plano de Médio Prazo e do novo convênio de cooperação do Programa para o período 2015-2018.

Avaliação de resultados e impactos da FIA- Chile (2013 – 2014)

Avaliar um conjunto de iniciativas cofinanciadas pela FIA (Fundação de Inovação na Agricultura) no período 2000 a 2012 e propor sistema integrado de monitoramento e avaliação para estas iniciativas.

Alavancagem da inovação da CPFL no contexto do setor elétrico brasileiro (2012 - 2014)

Desenvolvimento e aplicação de metodologias de apoio à decisão para avaliação e priorização de projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) no âmbito do setor elétrico brasileiro.

Desenho Organizacional do Programa BIOEN: propriedade intelectual, mecanismos de incentivo e avaliação de impactos BIOEN/FAPESP (2009 – 2014)

O projeto visa atender a um dos componentes da chamada do PROGRAMA BIOEN relacionado a questões de propriedade intelectual e transferência tecnológica. O BIOEN é um projeto multidisciplinar, que articula questões econômicas, de gestão de ativos, de formação de redes sociais aos componentes científicos e técnicos das pesquisas que estão sendo selecionadas para compor o programa de estudos em bioenergia.

Planejamento do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM) (2012 - 2013)

Apoio ao planejamento do CNPEM com foco nas seguintes frentes: 1) revisão do Plano Diretor; 2) desenvolvimento do modelo gerencial e de governança do Centro e de seus laboratórios, com alcance para os níveis estratégico, tático e operacional; 3) desenvolvimento da política de inovação; 4) elaboração do plano de carreira e desenvolvimento.

Fastinating Technological Gaps Reduction Methodology (TGRM) (2012 - 2013)

Desenvolvimento de metodologia para a identificação e superação de lacunas tecnológicas, de mercado e gerenciais associadas a projetos de P&D e à apropriação de seus resultados.

Avaliação expost dos impactos dos projetos do FONTAGRO (2011 - 2013)

Avaliação dos impactos sociais, econômicos, ambientais e institucionais dos projetos do FONTAGRO.

Elaboração Plano de Melhoramento Institucional do INTA/Argentina (2011 – 2012)

Formulação do Plano de Melhoramento Institucional do INTA, identificando as linhas principais para o melhoramento do instituto, assim como as ações necessárias para sua implementação, com base nas lacunas entre as diretrizes estratégicas e os resultados efetivamente alcançados.

FIOTEC – Apoio em métodos e práticas de prospecção para atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação no Instituto Oswaldo Cruz (2011 – 2012)

Concepção e implementação de metodologia e realização de estudo piloto de prospecção associada ao planejamento das atividades de pesquisa e desenvolvimento do IOC.

Planejamento e Avaliação de impactos do FUNDECITRUS (2011 – 2012)

Apoio ao desenvolvimento e implementação do novo modelo institucional do Fundecitrus nos níveis estratégico, tático e operacional, com foco nas seguintes frentes: 1) Detalhamento do plano estratégico, incluindo a definição do foco de atuação da instituição e das diretrizes dos próximos cinco anos; 2) Definição do modelo organizacional e gerencial para implantação do plano estratégico, incluindo as formas de identificação de oportunidades e demandas, priorização, programação e avaliação de atividades e principais fluxos operacionais.

Avaliação de Programas da FAPESP: desenvolvimento e aplicação de métodos de avaliação de impactos e de requisitos para avaliações sistemáticas (2009 - 2012)

Desenvolvimento de método, criação de indicadores e métricas e avaliação dos seguintes programas da FAPESP: Doutorado, Mestrado, Iniciação Científica, Biota e Equipamentos Multiusuários; e especificação dos critérios e formas de avaliar continuamente os quatro programas já avaliados no projeto anterior: PIPE, PITE, Jovem Pesquisador e Políticas Públicas.

Gestão de tecnologia e inovação em empresa do setor citrícola (2011)

Definição e implantação de um modelo corporativo de inovação, capaz de identificar, com a devida rapidez e objetividade, oportunidades de inovação, tecnológica e não tecnológica, nos segmentos agrícola, industrial, comercial, logístico e nos segmentos correlatos aos principais pontos da cadeia inovativa do setor.

Avaliação do Sistema Embrapa de Gestão (SEG) (2010 - 2011)

Avaliação e proposição de indicativos para a melhoria do Sistema Embrapa de Gestão (SEG), com foco nos macroprogramas, na participação efetiva das diversas instâncias colegiadas da Empresa no SEG e na gestão da informação, a partir de uma análise interativa entre os planos estratégico, tático e operacional.

Redes e Mercado de Inovação (2009 – 2011)

Desenvolvimento e implementação de novas metodologias e instrumentos para gestão de atividades de P&D e de inovação (notadamente para prospecção tecnológica e de mercado, priorização e programação da pesquisa e avaliação de resultados e impactos) com o objetivo de ampliar a capacidade de geração de inovação tecnológica no setor elétrico brasileiro.

Estruturação e Implantação de Modelo Corporativo de Tecnologia e Inovação na SABESP (2008 – 2011)

Apoio à concepção, desenvolvimento e implantação de um modelo estratégico de gestão de tecnologia e inovação na SABESP – 1ª fase. A 2ª fase tem como objetivo apoiar a implantação do modelo corporativo e organizacional de gestão de tecnologia e inovação na SABESP, o qual foi delineado e concebido na 1ª fase.

Avaliação de Impactos da Lei de Informática no Brasil (2009 - 2010)

Avaliação dos impactos da Lei de Informática na densidade tecnológica do sistema de inovação de TICs no Brasil.

Avaliação dos mecanismos de gestão do Fundo regional de Tecnologia Agropecuária – FONTAGRO (2009 - 2010)

Identificação de indicadores de eficiência, efetividade e eficácia das formas de organização e execução das operações do Fundo e avaliação do modelo de consórcios adotado pelo FONTAGRO nas ações de apoio a projetos cooperativos.

Apoio ao Planejamento e Gestão das Atividades de Pesquisa e Inovação na SUCEN (2009 – 2010)

Apoio ao fortalecimento das atividades de pesquisa da SUCEN por meio da revisão e adequação do seu modelo de gestão da pesquisa e da inovação.

4ª edição dos Indicadores de Ciência, Tecnologia e Inovação em São Paulo – Capítulo 10 – CT&I e o Setor Agrícola no Estado de São Paulo (2007 – 2010)

O estudo trata da estrutura, da organização e da dinâmica de C,T&I do setor agrícola no Estado de São Paulo.

Avaliação de meio termo do Programa de Inovação Tecnológica e Novas Formas de Gestão na Pesquisa Agropecuária (AGROFUTURO) (2009)

Avaliar o Programa Agrofuturo da Embrapa. Este Programa tem como objetivo “contribuir para melhorar a competitividade do setor agroalimentar, tanto em matéria de segurança alimentar, em um contexto de equidade, quanto em matéria de apoio às exportações”.

Evaluación de los mecanismos de gestión del FONTAGRO (2009)

A identificação de indicadores de eficiência, eficácia e eficiência das formas de organização e execução de operações do Fundo, com ênfase no modelo de avaliação adotado por consórcios FONTAGRO em suas ações de apoio a projetos de cooperação e desenvolvimento inovador de bens públicos para a agricultura na América Latina e no Caribe.

Avaliação do programa de formação da Fundação para a Inovação Agropecuária – FIA /Chile (2009)

Avaliação de impactos multidimensionais do programa de capacitação para a inovação da FIA/Chile para produtores, gerentes, difusores e pesquisadores.

Modelos Institucionais dos Institutos de Pesquisa (2009)

Trabalho realizado durante os meses de outubro a dezembro de 2009, no âmbito do Projeto “Modelos Institucionais dos Institutos de Pesquisa”, uma iniciativa do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE). O objetivo é o de apresentar um perfil das OPs no país e o de analisar a relação entre modelo jurídico-institucional e gerencial das Organizações de Pesquisa (OPs) no país.

Avaliação do Programa INCAGRO: projeto de pesquisa e extensão agrícola (2008 – 2009)

Avaliação dos projetos de pesquisa e extensão agrícola do INCAGRO sob uma perspectiva multidimensional e criação de indicativos para revisão do programa.

Estruturação e Implantação de Modelo Corporativo de Tecnologia e Inovação na SABESP (2008 - 2009)

Apoio à concepção, desenvolvimento e implantação de um modelo estratégico de gestão de tecnologia e inovação na SABESP – 1ª fase. A 2ª fase tem como objetivo apoiar a implantação do modelo corporativo e organizacional de gestão de tecnologia e inovação na SABESP, o qual foi delineado e concebido na 1ª fase.

Desenvolvimento de Processos de Definição Estratégica de P&D na CPFL (2006 – 2009)

Avaliação de resultados e impactos dos projetos de P&D gerenciados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Apoio à Prospecção e ao Planejamento Tecnológico em Empresas do Setor de Cosméticos (2008)

Organização e execução de painel de especialistas para promover o avanço do conhecimento sobre o tema de bem-estar e suas aplicações futuras.

Implementação do Plano de Médio Prazo do PROCISUR (2008)

Elaboração e implementação de um Plano de Ação para o PROCISUR contendo direcionamentos para a condução das orientações estratégicas e operacionais definidas no Plano de Médio Prazo para o período 2007-2010.

Avaliação de Programas da FAPESP (2006-2008)

Desenvolvimento e aplicação de metodologia para avaliação de resultados e de impactos em quatro programas da FAPESP: Políticas Públicas, PIPE, PITE e Jovem Pesquisador.

Planejamento Estratégico do INPE (2006-2008)

Apoio ao planejamento estratégico do INPE, com base na elaboração de um conjunto de estudos sobre temas relacionados ao setor espacial em âmbitos nacional e internacional e na elaboração de um Plano Diretor e um Plano Operacional visando à identificação e à sistematização de ações estratégicas para o Instituto.

Avaliação dos Projetos do FUNTTEL (2007)

Avaliação da carteira de projetos do Funttel do ponto de vista dos resultados alcançados e dos impactos verificados e esperados, visando subsidiar as ações do Conselho Gestor do Funttel.

Prospecção para Adensamento Produtivo e Tecnológico da Cadeia Aeronáutica Brasileira (2005 – 2007)

Sistematização de oportunidades disponíveis no Brasil para aumento do índice de nacionalização na cadeia de produção aeroespacial brasileira, com ênfase nas aeronaves da Embraer.

Estudos Prospectivos em TICs – CPqD (2005 – 2007)

Realizar estudo prospectivo para identificar trajetórias tecnológicas e oportunidades de investimento e de capacitação nos diversos segmentos de TIC para o Brasil, tendo como referência um horizonte temporal de dez anos.

Subsídios para implementação de Ações de monitoramento em Biotecnologia( 1a. Fase) e Aperfeiçoamento da Metodologia de Monitoramento para Subsidiar Ações em Ciência, Tecnologia e Inovação Vinculadas à Moderna Biotecnologia (2a. Fase) (2002 – 2007)

Desenvolvimento de metodologia para auxiliar nos trabalhos de levantamento de informação, reflexão e implementação de políticas públicas nas áreas relacionadas à moderna biotecnologia no Brasil.

Avaliação Prospectiva do PROCISUR (2006)

Análise e avaliação qualitativa orientada à implementação das orientações estratégicas e operativas do Plano de Médio Prazo 2001-2006 (com ênfase nos anos de 2003 a 2006) do PROCISUR (Programa Cooperativo para o Desenvolvimento Tecnológico do Cone Sul), de forma a subsidiar a formulação e elaboração do Plano de Médio Prazo para o próximo período (2007-2010) e o convênio de cooperação.

Conceitos, políticas e estratégias regionais para o desenvolvimento de inovações institucionais – FORAGRO (2006)

Este estudo sobre inovações institucionais na agricultura é uma iniciativa do Fórum das Américas para a Pesquisa e Desenvolvimento Agrícola – FORAGRO. A realização deste trabalho foi em função da necessidade de desenvolver uma nova visão do papel da investigação e da inovação na agricultura; para promover mudanças nas instituições de P&D tradicionais e fazer esforços para o desenvolvimento da agricultura são reunidos com o conhecimento na América Latina e Caribe.

Prospecção e Planejamento Tecnológico e de Mercado para empresa do setor petroquímico (2006)

Organização e execução de painel de especialistas para  a identificação de oportunidades na área de embalagens plásticas.

Indústria Brasileira de Software e Novas Modalidades de Outsourcing (2006)

Avaliação e aprofundamento do entendimento sobre os condicionantes para inserção do Brasil mercado internacional de serviços e potenciais oportunidades para esta inserção com foco nas novas modalidades de outsourcing.

Planejamento Estratégico da SOFTEX (2006)

Assessoramento da SOFTEX para a definição e execução do seu processo de planejamento. As principais frentes do trabalho foram: realização de diagnóstico sobre a estrutura e o modelo de gestão da SOFTEX; análise do contexto e tendências da indústria de software e das políticas governamentais para o setor; definição das diretrizes estratégicas da SOFTEX.

Estratégia Nacional para Componentes de Software (2006)

A pesquisa teve como objetivo conhecer as potencialidades econômicas e técnicas da Engenharia de Software baseada em Componentes (ESBC), a partir da experiência internacional, e do estágio vigente do mercado nacional, relacionando produtores, consumidores e capacitação tecnológica através da realização de um painel de especialistas e da reunião de literatura.

Avaliação Prospectiva do PROCITROPICOS (2005-2006)

Avaliação dos propósitos, estratégias e resultados do PROCITROPICOS (Programa Cooperativo de Pesquisa e Transferência de Tecnologia para os Trópicos Sul-Americanos), no período compreendido entre a última avaliação (1998) e o momento presente (2005), com vistas à elaboração das estratégias futuras do programa.

Novas Trajetórias de Gestão de Institutos e Centros de Pesquisa- ATED/Modernit (2005)

Organização de atividades realizadas  juntamente com a Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), a Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa Tecnológica Industrial (ABIPTI) e o Departamento de Política Científica e Tecnológica (DPCT) da Unicamp, representado por membros do Grupo de Estudos sobre Organização da Pesquisa e da Inovação (GEOPI) visando a elaboração de um painel de especialistas em Institutos e Centros de Pesquisa (ICPs) e de uma reunião de trabalho, com o intuito de suprir de informações a Área de Institutos de Pesquisa Tecnológicos e Difusão de Tecnologia (ATED), no âmbito do Programa Nacional de Qualificação e Modernização dos Institutos e Centros de Pesquisa (Modernit) da FINEP, e assim contribuir para a definição das ações relativas à melhoria na gestão de ciência, tecnologia e inovação de ICPs no país.

Planejamento Estratégico de Tecnologia para empresa do setor de alimentos (2005)

Desenvolvimento do sistema de planejamento estratégico de tecnologia para empresa do setor de alimentos, com ênfase no estudo de tendências futuras para o setor e rebatimentos para a organização e gerenciamento das atividades internas de P&D e inovação.

Reorganização Institucional do Centro Técnico Aeroespacial – CTA (2004 - 2005)

Definição de um plano de reorganização institucional e de otimização dos processos de gestão do CTA, visando à ampliação de sua sustentabilidade institucional e à melhoria de seu posicionamento estratégico no cenário nacional de pesquisa e desenvolvimento, ensino e de serviços especializados, considerando a ampliação da competitividade do setor aeroespacial brasileiro.

Atividades Prospectivas um OGMs- CGEE (2004 – 2005)

O objetivo central do projeto pautou-se na geração de informação qualificada sobre diversos assuntos relacionados à pesquisa, desenvolvimento, produção, distribuição, comercialização de organismos geneticamente modificados (OGMs) no Brasil. O Projeto foi estruturado a partir de um conjunto de estudos: no total, nove estudos compõem o trabalho em questão.

Propriedade Intelectual em Micro e Pequenas Empresas – OMPI ( 2004 – 2005)

Aborda-se uma análise sobre a situação das micro, pequenas e médias empresas no Brasil, incluindo-se um marco conceitual sobre PI e o arcabouço institucional existente no país. Também apresentam-se dados sobre o uso de propriedade industrial e propriedade de cultivares em MPMEs. Além de apresentar uma análise mais qualitativa do uso de propriedade intelectual em MPMEs a partir de entrevistas feitas em empresas de base tecnológica no Brasil.

Metodologia de Avaliação de Impactos de Programas Tecnológicos – o Programa de Pesquisa em Saneamento Básico (2003 - 2005)

O projeto teve como objetivo: (a) fornecer à FINEP uma avaliação do Prosab, com relação aos resultados alcançados e impactos verificados, e um conjunto de recomendações com vistas a gerar subsídios para a gestão do programa; (b) fornecer à FINEP, a partir desse estudo, um instrumental de avaliação de impactos de programas tecnológicos que possa ser aplicado a outros casos.

Organização Técnica e Econômica de Software Livre e Open Source (SL&OS) no Brasil (2003 – 2004)

Objetivo principal é realizar um primeiro levantamento das formas de organização técnica e econômica de Software Livre e Open Source no Brasil.

Diretório da Pesquisa Privada ONGs (2002 – 2004)

Mapeamento da atuação das ONGs de forma a responder a dois questionamentos principais: como caracterizar seu papel no desenvolvimento de CT&I e entender as especificidades da articulação que elas adotam para desempenhar esse papel. O estudo se inseriu no Diretório da Pesquisa Privada (DPP), que foi concebido como um sistema de informação auxiliar da definição e implementação das políticas brasileiras de desenvolvimento científico, tecnológico e inovativo. O objetivo do DPP foi subsidiar a reflexão e auxiliar a tomada de decisões pelos organismos nacionais de fomento, sobretudo a Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) e o Ministério de Ciência e Tecnologia (MCT), propiciando uma alocação mais eficiente dos recursos e financiamento e o alcance de resultados mais efetivos e vigorosos.

Tendências em propriedade intelectual, transferência de tecnologia e informação tecnológica – INPI (2002)

O presente trabalho se insere dentro do esforço de implementação do planejamento estratégico do INPI. O trabalho mostra um panorama geral da propriedade intelectual no mundo atual, levando em conta aspectos tais como o processo de globalização, o desenvolvimento científico e tecnológico e seus impactos em termos da busca por instrumentos jurídicos de proteção, a mudança nas instituições que regulam e articulam a propriedade intelectual, seja em nível mundial, seja em nível nacional.

Avaliação das propostas submetidas ao CT-Infra em 2001 (2002)

O objetivo desse estudo foi avaliar as informações contidas nas propostas que foram submetidas à chamada competitiva do edital CT-Infra 01/2001. Essas informações dizem respeito aos planos de desenvolvimento da infraestrutura institucional da pesquisa, cujos elementos centrais foram avaliados em função de sua importância na construção das propostas.

Modelos de Hierarquização de Tópicos para o Programa Prospectar - MCT (2002)

O objetivo do trabalho aqui proposto é fornecer modelos de análise para os resultados do Questionário Delphi aplicado, de modo a orientar a tomada de decisão. Para tanto, a solução sugerida é a construção de modelos multi-critérios capazes de hierarquizar os tópicos avaliados segundo diferentes cenários. Esses modelos deverão permitir uma análise mais aprofundada e estimular a reflexão sobre os resultados obtidos no exercício Delphi.

Reforma do Estado e Reorganização das Instituições Públicas de Pesquisa no Brasil (1999 – 2002)

O projeto teve como objetivo ampliar o conhecimento sobre as distintas dimensões dos processos contemporâneos da reforma do estado e da administração pública; avaliar as transformações institucionais das organizações de pesquisa no Brasil; identificar e qualificar as trajetórias institucionais em curso e oferecer subsídios para políticas organizacionais das instituições públicas de pesquisa.

Avaliação dos programas da WWF e USAID (2000-2001)

Avaliação de resultados dos programas de desenvolvimento ambiental que a WWF executou para a USAID.

Reforma do Estado e Reorganização dos IPPs: IPT, LNLS, Fiocruz, Embrapa (1998 - 2000)

O projeto teve como objetivo ampliar o conhecimento sobre as distintas dimensões dos processos contemporâneos da reforma do estado e da administração pública; avaliar as transformações institucionais das organizações de pesquisa no Brasil; identificar e qualificar as trajetórias institucionais em curso e oferecer subsídios para políticas organizacionais das instituições públicas de pesquisa.

Avaliação do Projeto Nacional de Ações Integradas Público-Privadas para a Biodiversidade –PROBIO– e do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade – FUNBIO (1999)

Este estudo tem por objetivo a a avaliação independente do alcance de resultados do ponto de vista da contribuição do Funbio para a conservação e uso sustentável da diversidade biológica no Brasil, assim como recomendações para melhorar essa contribuição.

Formação Profissional em Ciências Agrárias (1999)

Discussão das perspectivas para formação profissional na área de ciências agrárias como elemento integrante da agenda curricular no marco dos processos de integração, competitividade e inovação do PROCISUR.

Avaliação das Organizações Estaduais de Pesquisa Agropecuária (1997 - 1998)

Elaboração de um diagnóstico da situação atual das instituições estaduais de pesquisa agropecuária em 19 estados do país.

Reorganização do Instituto Agronômico de Campinas (1995 - 1996)

Apoio à reorganização do Instituto Agronômico de Campinas (IAC), com base em experiências internacionais recentes de reorganização de P&D, para adequação dos temas das pesquisas às necessidades sociais, introduzindo novas formas de gestão e, sobretudo, de financiamento, com vistas a aumentar sua autonomia e flexibilidade.